Marco Regulatório e tecnologia podem ajudar no crescimento da Capitalização
BRASILECONOMIAÚLTIMAS NOTÍCIAS

Marco Regulatório e tecnologia podem ajudar no crescimento da Capitalização

Segundo dados da Susep, os títulos de Capitalização registraram um avanço de 17,25% no primeiro semestre de 2022, alcançando R$ 13,56 bi em receita

Os títulos de Capitalização continuam crescendo acima dos dois dígitos e registraram alta de 17,25% no primeiro semestre de 2022, no comparativo com o mesmo período no ano passado. O resultado positivo fez o segmento atingir, em junho, R$ 13,56 bilhões em receita, de acordo com os dados da Susep (Superintendência de Seguros Privados). Além disso, houve um volume de recursos da ordem de R$ 10,65 bilhões oriundos de sorteios e resgates. Foram R$ 9,92 bilhões (+3,8%) em resgates e R$ 733 milhões (+15,7%) nos sorteios, que chegaram ao setor em forma de investimento e consumo até junho.

Marcio Coutinho, diretor da Capemisa Capitalização e vice-presidente da FenaCap (Federação Nacional de Capitalização), afirma que os títulos contribuem com diversos setores da economia e fomentam atividades filantrópicas, aumento das vendas e elevação de ticket médio da renda dos consumidores. “Para acompanhar a evolução do mercado, aqui na empresa nós automatizamos processos através da tecnologia para atender as demandas do setor, com flexibilidade e agilidade, em sintonia com as mudanças regulatórias que vêm ocorrendo, e focando em atrair consumidores em todas as regiões do Brasil”.

Segundo dados divulgados pela FenaCap, além de crescer no quantitativo total, as receitas avançaram em todas as regiões e estados do Brasil. Por regiões, o Nordeste apresentou o maior crescimento (28%), seguido do Norte (26%), do Centro-Oeste (22%), do Sul (16%) e do Sudeste (15%).

A Brasilcap registrou um lucro líquido de R$ 117,4 milhões no primeiro semestre de 2022, uma alta de 68% em relação ao mesmo período em 2021. Só em prêmios distribuídos, foram R$ 26,4 milhões, contemplando 8,9 mil títulos. Para Nelson de Souza, presidente da companhia, a transparência e soluções tecnológicas aproximam as empresas dos clientes, o que auxilia no crescimento do setor. “Os títulos são o caminho para realizar planos e alcançar objetivos. Por isso, quanto mais aproveitarmos a versatilidade que a capitalização oferece, propiciada principalmente pelo novo Marco Regulatório em 2018, naturalmente mais pessoas terão consciência sobre a importância de contarem com um título”.

As modalidades de títulos preferidas dos consumidores continuam sendo as tradicionais, que movimentaram R$ 9,9 bilhões. Em seguida, Filantropia Premiável (R$ 1,58 bilhão); Instrumento de Garantia (R$ 1,5 bilhão); Incentivo (R$ 427 milhões) e Popular (R$ 183 milhões) foram as categorias que mais se destacaram, de acordo com a FenaCap.

A Filantropia Premiável cresceu 15,5% no primeiro semestre quando comparado com o mesmo período no ano passado. Devido à alta da modalidade, o volume de recursos direcionado às organizações filantrópicas foi de R$ 720 milhões, 24,7% acima do valor repassado em 2021. “Em uma sociedade cada vez mais conectada com propósitos, um título de Filantropia Premiável é um produto que estimula a consciência e a responsabilidade social, oferecendo uma boa oportunidade de concorrer a prêmios e ainda ajudar as pessoas. Esse é um grande atrativo e explica o crescimento dessa categoria”, diz Coutinho.

Sobre as expectativas para o futuro, Souza reforça que a Brasilcap deseja contribuir decisivamente para que o crescimento do mercado de Capitalização ultrapasse a barreira histórica dos R$ 25 bilhões. “Temos um marco regulatório que nos dá subsídios para protagonizar a virada do segmento. Outro fator que também irá impulsionar o segmento é a criação de produtos focados nos canais digitais como forma de distribuição, o que facilita a aquisição de títulos e ajuda na atração de novos clientes”.

Fonte: CQCS

Redação: https://portales.com.br/bio
Apoio da Focovix: http://focovix.com.br/bio/

Qual Sua Reação?

Alegre
0
Feliz
0
Amando
0
Normal
0
Triste
0

You may also like

More in:BRASIL

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *